remo100porcento.com
Rodriguinho celebra ter ficado no Remo e evitado queda à Série D | Remo 100%
A primeira entrevista coletiva do Remo após o "fico" na Série C do Campeonato Brasileiro foi com um personagem icônico desta temporada de 2018 para o Remo. O meia Rodriguinho enfrentou dificuldades e reviravoltas bem antes da saída apoteótica da equipe da zona de rebaixamento. O jogador chegou como grande contratação por ter vindo do futebol árabe. O vínculo foi celebrado ainda em novembro de 2017, mas a regularização só ocorreu no final de janeiro de 2018, por conta da dificuldade quanto à documentação do atleta. Disponível para jogar, ele amargou o banco de reservas e ficou como 3ª opção para o setor de criação do Leão. Ainda no primeiro turno da Série C, foi colocado em uma lista de dispensa e só não foi embora porque foi segurado pelo técnico recém-contratado, Artur Oliveira. Na arrancada salvadora do Leão, o meia sustentou a camisa 10 e foi um dos pilares técnicos da equipe. "Para falar a verdade, nem sei o que estaria fazendo da vida se tivesse saído do Remo no meio do campeonato