rederpg.com.br
(republicação) - The Dresden Files: The RPG (Esse Você Vai Jogar!!!) - RedeRPG
Dresden Files começou como uma série de livros romanceados do autor Jim Butcher (que dá para encomendar na Cultura!). Os livros giram em torno do personagem título Harry Dresden. O cara é um mago de aluguel que vive no mundo normal e recebe grana para cuidar de casos que a polícia não entende ou na maioria das vezes não faz a menor questão de investigar, de tão exóticos que são. Pois bem, os livros de Jim Butcher depois de um tempo se tornaram best-selles especialmente na Inglaterra e em Nova York. Isso porque a maioria das histórias do livro tem um teor bem cosmopolita de ser. Claro que nem tudo são flores na vida de Dresden, pois o cara realmente sabe fazer magia, mas elas nem sempre dão o resultado esperado e a sua única fonte de poder é um bracelete herdado de sua mãe (essa sim mandava bem na magia!!!) que morreu no “único dia em que não estava usando a tal jóia”. De mais a mais, a vida do Dresden é boazinha: tem sempre uma garota que quer passar a noite com ele e ele recebe o suficiente para encomendar suas gogorobs mágicas como olhos de salamandra brasileira (é sério!), entre outras coisas. Não faltou muito para todo mundo começar a comparar a obra de Jim Butcher com a história de OUTRO bruxo. Isso mesmo, Harry Thiago Potter. Agora, porque o povo acha que Jim ou J.k Rowling andaram se copiando por aí? Bom, vou dizer como é o mundo de Harry Dresden e vocês podem tirar as suas proprias conclusões: – Dresden mora num apê reformado (leia-se detonado!) estilo detetive anos pulp, junto com um elemental do ar (mais precisamente um espírito do intelecto) britânico chamado “Bob” que vive dentro de um crânio de âmbar; – Ele possui um contato na polícia: a tenente de homicídios Karrin Murphy, que geralmente acredita no que ele diz (quando ela duvida ela costuma quase morrer alguns minutos depois!); – No mundo de Harry Dresden existem Sete Leis da Magia e todos os bruxos e magos devem respeitá-la ou a casa cai para eles (as vezes literalmente, se você for um bruxo rebelde que mora na cobertura de um predio!). As Leis da Magia são: 1 – Não matarás através da magia. (Os magos do Conselho Branco investigam todas as mortes relacionadas à magia e se você for pego, tás lascado irmãozinho!). Logo de cara, todo mundo conhece o Harry Dresden como “o cara que matou seu mentor com magia e se safou”; 2 – Não transformarás outros. (Isso significa que não iremos ver Harry transformar ninguém num sapo ou num banquinho de piano! Mas é claro que alguns bruxos nao se importam com isso né?); 3 – Não invadirás as mentes de teus próximos. (Até mesmo o Harry sabe que essa lei não funciona no “preto no branco” mas sim, “numa grande área cinza de adaptação mutável”. Mas a pena é a remoção das memórias de todos os envolvidos e o bruxo fica até 15 anos sem praticar magia!!!); 4 – Não escravizarás teu próximo. (Isso sim é regra boa: se tu dominar a mente daquela gatinha e mandar ela fazer tudo que você quer, tás lascado de corpo e alma. Geralmente o Conselho Branco tira sua consciência e coloca você dentro de um xaxim de samambaia por alguns anos para você “refletir sobre o ocorrido”. Cara, samambaia!!!! É mole?); 5 – Não violarás os Portões Exteriores. (Claro que todo mundo sabe que os selos magicos colocados nos Portões Exteriores são para impedir que COISAS CTHULLIANAS não entrem em nossa realidade, afinal eles ensinam isso na escola né?); 6 – Não viajará além das fronteiras da vida. (Não, você não pode fazer magias e ir para o mundo dos mortos, não pode fazer magias para alguém voltar do mundo dos mortos. Isso é proibido ouviu? Pro-i-bi-do! Até para as pessoas que você mais ama ou aquele sujeito com aquela informação que poderia resumir tua busca de 100 anos em meros 3 minutos de bate-papo); 7 – Não navegarás através das Correntes do Tempo. (Isso realmente deveria ser proibido, não? Viajar no tempo é muito ruim, nem no Simpsons isso deu certo! Essa, obviamente, é uma lei SUPER respeitadas pelos bruxos do Dresdenverso *sarcasmo detectado!*); Além disso, o mundo dos bruxos é dividido em vários subgrupos para uma melhor administração do mundo mágico (e do mundo trouxa, ou muggle ou real, entenda como quiser!). – The White Council (Conselho Branco, supra-sumo e onde se decide o destino do Mundo da Magia); – The Senior Council (Conselho dos Anciãos, é o lado executivo dos poderes, tendo seu líder sempre conhecido como Merlin [não, não estou brincando!]); – The Wardens (Os Guardiões, que forçam o mundo dos bruxos a respeitarem as leis e são eles que as aplicam. Além disso, eles aconselham os bruxos em situações que involvem as Sete Leis); – The Blackstaff (O Vigia Secreto, é apontado pelo Conselho Branco e ninguem costuma saber sua identidade até se ferrar na mão dele. O cara aparece do nada e investiga sozinho como se fosse “uma corregedoria de um homem só”. Geralmente o sujeito (ou sujeita) tem poderes mágicos muito legais e cheios de FX; – Vampire Courts: Cortes Vampíricas. Existem quatro delas: a branca, a vermelha, a negra e a jade. Branca: Sao os mais parecidos com os humanos. Existem os Succubi e Incubbi nesse grupo e eles tentam a humanidade “ate’certo ponto”, se alimentando das emoções e força vital das pessoas; Vermelha: Menos humanos que os da branca, já com feiçoes animalescas (alguém falou GANGREL?) e são eles que têm permissão (depois de muito debate das 3 cortes!!!) de transformar alguém em vampiro. Fazê-lo sem permissão é crime!; Negra: Grupo típico de vampiros, sugadores de sangue. São eles que a humanidade ouve falar a trocentos séculos. Dresden geralmente mata os da negra porque eles são muito folgados. Jade: Pouco se sabe sobre a Corte de Jade, mas já apareceu em vários diálogos e todo mundo fala sussurrado sobre ela hehehe. Além das cortes vampíricas, nós temos os Lobisomens velhos de guerra. Eles também são divididos em grupinhos felizes: Clássicos: O nome já diz. Esse tipo usa magia para se transformar, e a magia funciona pra qualquer um que saiba usá-la. Claro que isso é uma violação da Segunda Lei, mas quem se importa? Lobis é da hora!!!; Hexenwulf: Lobo-do-Amuleto. Na verdade a treta é com um amuleto que quando usado transforma o Zé em um lobisomem mega-power-uber-poderoso. Só os olhos não mudam o que dá um aspecto de “olha estou usando fantasia de 10 reais!!!”. Mas mesmo assim, o efeito é muito legal e muita treta derrubar um bicho desses. O Dresden que o diga. “Foi como se um caminhão cheio de esterco e peles de lobo tivesse passado por cima de mim, dado ré e me atropelado de novo”. Emocionante. Licantropo: Algum médium que consegue canalizar um espirito da Fúria vira o licantropo. A pessoa geralmente nasce com essa habilidade e é super forte, rapido, se cura rapidinho (te cuida Logan!) e se reune em grupos controlados pelo Macho Alfa. Loup-garou: Cara, que imaginação hein? São exatamente como sabemos dos Lobis dos filmes, saca? Esse último grupo dos lobis é o que mais se assemelha às lendas de lobisomens: amaldiçoado, pentagrama na palma da mão, vira monstro na lua cheia. Além desses grupos (que aparecem mais vezes) tem a Corte das Fadas (e seus vários tipos de fadinhas), trocentos outros tipos de transmorfos (assista Supernatural, Buffy, Angel, X Files e outros para os outros tipos. Ou leia TUDO sobre lendas dos indios americanos [incluindo do Brasil QUE TAMBÉM está na AMÉRICA!!!]), os Cavaleiros da Cruz, o Conselho Negro (inimigo do Branco, DUH!), a Irmandade de St. Giles (formada por infectados pelos vampiros da corte vermelha), os Alfas, o Venatori Umbrorum, Demônios independentes, os demônios nuncanunca (nevernever no original), os Siões (Scions), os Caídos (anjos, DUH!), e mais uma pancada de outros. Ufa! Resumindo: o mundo de Dresden é repleto de doideras perfeitas para os amantes de uma boa história de monstros. Agora, o que isso tem a ver com o tal do RPG? Bom, pra começar: se quiser saber mais sobre Jim Butcher e os livros originais, clique aqui: Site Oficial do Jim Butcher. Os livros de Harry Dresden viraram seriado de televisão. Nos EUA, passam no Sci-Fi channel (e fazem muito sucesso, porque o povo de lá adorou a “semelhança”com Harry Potter). Na minha opinião o seriado é uma mistura de Harry Potter (com 30 anos e falido!), Buffy, Angel, Supernatural (porque os monstros batem pacas!), Arquivos X, In Nomine (na boa época do Satanis no fim do nome!!!). Ou seja: é uma mistureba muito legal que quando juntou, acabou dando certo!. Tem para todos os gostos. E finalmente falemos do The Dresden Files: The RPG. Ele ainda está em fase de desenvolvimento e as cabeças pensantes querem a SUA ajuda. Isso mesmo, eles querem que VOCÊ que está lendo isto aqui levante da sua cadeira e faça algo a respeito. Para isso, basta você clicar neste link aqui: Site Oficial do The Dresden Files: The RPG e clicar no canto superior esquerdo. Há uma pesquisa de opinião sobre o RPG a ser criado, incluindo o preço. Achei o máximo a pergunta: quanto você estaria disposto a pagar pelo DF:RPG. Hilária. Mas sério agora, responda corretamente todas as questões e você já estará ajudando a criação do RPG. A minha participação é levemente mais estranha que a sua: fui indicado para pesquisar lendas folclóricas da America do Sul (que quase não aparecem nos livros por falta de informações, salvaram-se o boto rosa e a Iemanjá apenas!) e por isso vou perturbar todos vocês se precisar de ajuda. No site do jogo, tem as mesmas informações que eu passei aqui nesta resenha, ou seja, os carinhas estão fazendo um trabalho minucioso e lendo tudo sobre o Dresden para que este livro de RPG seja realmente magnífico. Agora, depois de tudo que eu disse, se você não gostar do mundo do Harry Dresden, uma coisa você deve concordar: se chamar Harry é prejudicial a sua saúde!!! Dados da publicação original: Enviado por duncan_salazar em 31/07/2007 00:10:00 (2118 leituras) Republicado em 2/8/2011 ***