pstu.org.br
Queda das bolsas chinesas aprofunda contradições da economia do país | PSTU
Depois de 12 meses de crescimento ininterrupto das principais bolsas de valores chinesas (Shangai e Shenzhen), que chegaram a se valorizar em 147%, uma queda vertiginosa causou uma perda de 32% em apenas 17 dias (entre 12 de junho e 9 de julho), o equivalente a US$ 1,3 trilhão apenas na bolsa de Shangai, …
Diego Cruz