nerdssauros.com.br
Resenha: Amanhã, Numa Boa (Faïza Guène)
Walter Niyama Um livro que eu posso chamar de genuíno sem medo de errar é "Amanhã, Numa Boa". Genuíno em que sentido? No sentido de não tentar ser algo que não é, ou melhor, é um produto cuja história e enredo, a meu ver, refletem os pensamentos e sentimentos de sua jovem autora, Faïza Guène, que