dxfoto.com.br
O segredo da Lomo LC-A: ISO x GOST | DX Foto
A famosa câmera Lomo LC-A, que deu origem ao fenômeno da Lomografia, tem em seu arsenal de armas de sedução diversos elementos que atraem curiosos e entusiastas da fotografia analógica desde o seu aparecimento no ocidente pelas mãos dos malucos que criaram a Sociedade Lomográfica. Um dos mais interessantes é aua capacidade de exposição automática somada às características de sua lente Minitar que rende imagens muito legais e com saturação bacana. Mas seu segredo não é uma fórmula mágica da lente e sim Matemática: ela superexpõe o filme ligeiramente e sabemos que ao escurecer uma imagem superexposta é gerado um ganho na saturação na hora que você corrige. Teste no photoshop: usando a ferramenta de curvas, quando você escurece a imagem as cores ficam mais saturadas. Como isso ocorre? Antigamente, na era pré Sociedade Lomográfica, as LC-A usavam uma numeração baseada na escala GOST, semelhante em valor com a ISO (aproximadamente parecidos no início, mas depois de 1987 os dois se tornaram equivalentes), mas os filmes eram com sensibilidades diferentes do padrão atual, por exemplo, ao invés do filme ter a sequência ISO 25, 50, 100, 200 e 400 tinham 16, 32, 65, 130 e 250, por exemplo. Pra ter …