dxfoto.com.br
Não são só os filmes xpro que resultam em cores interessantes | DX Foto
Todo mundo que curte experimentar e já se sentiu tentado a usar uma câmera lomográfica sentiu vontade de conseguir cores estranhas, diferentes ou até impossíveis usando essas câmeretas malucas. Aliás, as cores exageradas e divertidas são parte do marketing da Lomografia, que exalta o uso de filmes posivos revelados como negativos para pirar nas cores, o famoso Revelação ou Processo Cruzado (ou Xpro para os íntimos). Mas quem corre atrás de cores incríveis pode (e deve) descobrir que a maioria das vezes isso é culpa dos filmes e seus processos de revelação. Mas não deve parar por aí, muitas vezes as cores incríveis estão no mundo real esperando um belo negativo comum para mostrar toda sua beleza. Eu sempre falo que não gosto de processo cruzado, por usar filmes mais caros (os tais chromos) ou por exigirem da revelação e ampliação muito mais carinho e dedicação. E isso é muito raro de achar em laboratórios que ainda revelam filmes analógicos. Mas quem disse que só nos filmes cruzados (o bom e velho chromo ou slide revelado como negativo) vivem as cores exageradas? Meu filme predileto é um negativo da linha profissional da Kodak, o Proimage 100. Gosto muito dele e …