diariodeceilandia.com.br
Ex-moradora de rua, Nica abriga, em Ceilândia, soropositivos sem casa e rejeitados pelas famílias
[Projeto Colabora] “Até os 23 anos eu sabia apenas que meu nome era Francisca e que fui deixada em um orfanato com seis meses de idade por um homem”. É a primeira coisa que Francisca Tenório de Sou…