dezoito.pt
Metade de ti, eu dispenso - Dezoito
Eu não sou mais quem eu era. Eu já não sou burra, nem ingénua como antes. Talvez pensavas que sempre seria assim. Entregavas-me as tuas palavras amargas e metade do teu ser e eu contentava-me com isso. Não me contento com metades. Não mais. Ou estás por completo comigo ou então não estás. Não há …