dezoito.pt
O que me resta é te agradecer - Dezoito
Eu chegava de mais um dia cansativo de trabalho, retirava meus coturnos e os colocava num canto da sala, a fragrância de cereja a ser aspirada por minhas narinas permitia que eu me esquecesse um pouco do dia-bosta que eu tive. Neste instante eu percebi mais uma vez que eu tinha um lar! Que eu …