viciodapoesia.com
Miguel Hernández — Eu não quero mais luz que teu corpo ante o meu
É numa aproximação à luminosidade do amor que Miguel Hernández (1910-1942), no poema [Yo no quiero más luz que tu cuerpo ante el mío] dá conta do fulgor da paixão. Luz que simultaneamente ilumin…