valecomentar.com
Depois que o vereador Allan Jones (PTC) denunciou um suposto desfalque no quadro de profissionais (médicos e enfermeiros) que trabalham no plantão do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) em Juazeiro (BA), muitos moradores fizeram uso de mídias sociais para relatar o que chamam de “descaso” com a população. Este Blog recebeu várias mensagens de pessoas de Juazeiro, por meio do WhatsApp, relatando que o Samu não estaria prestando atendimento ou demorando muito após as solicitações. Mas o problema, desta vez, seria outro, diferente do que já mostramos. Agora, segundo relatos, não seria apenas a falta de macas – que acabam ficando retidas em hospitais -, e sim a falta de profissionais e até de ambulâncias. Um dos últimos relatos recebidos, mas não menos chocante, foi de um motociclista que sofreu um acidente na Rodovia Lomanto Junior (BR-407), no bairro João XXIII, na noite de ontem (7). Caído ao chão, o homem teria ficado por mais de uma hora esperando uma ambulância, que não chegou. Pessoas que estavam no local, com a ajuda da polícia, improvisaram uma maca com um pedaço de madeira e levaram o motociclista para uma unidade de saúde na carroceria de um carro tipo picape. O estado de saúde da vítima, no entanto, é desconhecido, assim como o que teria provocado o acidente. A Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) disse que enviaria uma nota, mas até o fechamento desta matéria não recebemos retorno.
Na noite desta quarta-feira, 7, o 2º Pelotão de Andorinha, no povoado de Riacho Seco, atendeu solicitação de uma mulher que fora agredida com socos e empurrões por parte do seu companheiro, causand…