tudoqueseprendenoolhar.wordpress.com
Garganta
Engulo o vômito da ira. Não posso dilacerar o que me fere. Da minha garganta sai um vazio forçado De vozes que se calam frente aos desatinos. O agora me enerva, embrulha os olhos, Cega a alma e cra…