tolerare.com.br
Furtaram o chocolate do delegado. Seria furto famélico, privilegiado ou qualificado? Aplica-se o princípio da insignificância? - Tolerare!
Foi noticiado que uma zeladora de 32 anos, que trabalha para uma empresa terceirizada que presta serviço à Polícia Federal do Estado de Roraima, foi … Continue lendo Furtaram o chocolate do delegado. Seria furto famélico, privilegiado ou qualificado? Aplica-se o princípio da insignificância?