simplesdiario.wordpress.com
Sons da Madrugada
Domava o ego que eclodia seu peito Recordava momentos de solidão Mirava a janela à procura de olhares Fazia triste a melodia de seu violão. Solos distantes, de poucos acordes, Lavavam sua alma em d…