salveregina.altervista.org
S. TOMÁS DE AQUINO: O MAL
O mal não é alguma coisa. Primeiro: porque todo agente age em vista de um fim e de um bem, como existe uma ordem nos agentes, existe também uma ordem nos fins e nos bens. E como existem agentes superiores e inferiores, existem também fins e bens superiores e inferiores.