salveregina.altervista.org
P. CURZIO NITOGLIA: VERDADEIRA E FALSA PRUDÊNCIA
A prudência é uma virtude que reside no intelecto prático e é ordenada ao reto governo das nossas ações, em vista do fim (P. Antônio Royo Marín O.P., Teologia della perfezione cristiana, Roma, Edições Paulinas, 6a ed., 1965).