rceliamendonca.com
Um pouco de poesia…
Poema É sempre nos meus pulos o limite. É sempre nos meus lábios a estampilha É sempre no meu não aquele trauma. Sempre no meu amor a noite rompe. Sempre dentro de mim meu inimigo. E sempre no meu …