planetamae.com
Ensine seu filho a arrumar a cama
Você já ensinou o seu filho a arrumar a cama? Se ele tiver idade para isso, claro. Cada criança tem o seu tempo. Todos os dias, ao acordar, tenho o hábito de arrumar as camas da casa, mas há alguns meses, percebi que as minhas filhas já estavam prontas para a realização dessa tarefa diária, já podiam ajudar. Hoje, com 6 anos de idade, cada uma arruma a sua caminha, do jeitinho delas, mas arrumam. Rsrs... O importante é ensinar a criança a cumprir a primeira tarefa do dia. Com o tempo, a arrumação será aprimorada. Mas por que arrumar a cama é tão importante? Se você fizer sua cama todas as manhãs, você terá cumprido a primeira tarefa do dia e lhe dará um pequeno sentimento de orgulho e vai incentivá-lo a fazer outra tarefa, e outra, e outra. E, no final do dia, uma tarefa completa se transformará em várias tarefas concluídas. Arrumar a cama também vai reforçar o fato de que as pequenas coisas da vida importam. Se você não pode fazer as pequenas coisas direito, você nunca será capaz de fazer grandes coisas direito. Se você quer mudar o mundo, comece arrumando a sua cama." Esta fala é do almirante da marinha americana, William H. McCraven, num discurso na Universidade do Texas. Arrumar a cama vai além do cumprimento de regras da casa, além da organização. Segundo a psicanalista Thaís Wachholz, toda a estrutura afetiva e de relação com a realidade, que vai sustentar o percurso de um sujeito ao longo de sua vida, é constituída durante a infância, até aproximadamente 7 anos de idade. Logo, todas as atividades que são apresentadas às crianças, desde arrumar a cama até as mais complexas, como autorizar a expressão de seus afetos, ou seja, de suas emoções, tendem a contribuir com a construção da personalidade. Além disso, atividades, como arrumar a cama, auxiliam no desenvolvimento da psicomotricidade, na possibilidade de promoção da autonomia, responsabilidade com as próprias coisas e na emergência dos afetos. Então, mamães, incentivar o hábito de arrumar a cama às nossas crianças tem seu valor, aliás, tem muito valor. Pode ser que você ouça: para quê arrumar a cama se eu vou dormir de novo? Hehehe... Essa é clássica! Mas não desanime. Thaís Wachholz - Psicóloga Clínica CRP12/04705 Psicanalista, Time InCEAP, Me.Educação, Esp. Políticas Públicas, Docente Fac. ESUCRI. Marcação de consulta:📱(48) 996244190