peregrinacultural.wordpress.com
Meia-noite, poesia infantil de Olavo Bilac
Cascão conta carneirinhos ao dormir, ilustração de Maurício de Sousa. Meia-noite Olavo Bilac O filho: Ó Mamãe! quando adormecem Todos, num sono prof…