oemquepensar.com
O eu de 2012
O eu de 2012 dizia, na sua humilde opinião, que se há amor, não é necessário mais nada. Na verdade, ainda penso que todos vocês deveriam simplesmente amar assim. Ou, no mínimo, apoiar um amor como …