obomdeviver.wordpress.com
ALGUMAS RESPOSTAS PARA A BANALIZAÇÃO DO MAL
Nas cenas do cotidiana, o mal se banalizou. Mais um exemplo são as cinco palavras, tatuadas à força na testa de um jovem de 17 anos: “Eu sou ladrão e vacilão”. A tortura ocorreu por ele ser suspeit…