noponto.pt
MANJAR-BRANCO
Quem sabe alguma coisa sobre doçaria conventual portuguesa, conhece as irmãs Cardoso, Judite e Laurinda, de Portalegre. Graças ao seu conhecimento culinário e a muitos anos de confecção, é possível hoje reconstruirmos uma história de doces conventuais, atravessando algumas gerações, que liga os conventos da cidade, noutros tempos idos, às actuais doceiras, mais novas, como