mundodoboblino.wordpress.com
Àquele dia sem álcool.
Não podemos vivenciar o passado sem perder o sentido. É preciso muito para ter quase nada. O que não cega, te deixa faminto. Eu bato na parede, e transmuto a dor. Sou a Diabete, o pão de queijo, o …