mundodoboblino.wordpress.com
Poema das 23:27, 28, 8, 28, oito, oi!
Pata, camelo, oi, carne Feijão com açúcar, leite de mamona Vida sem sentido sorvete com açaí. Pato, camela(?!), oi, osso Arroz com café, suco de laranja É o que eu sinto é bom demais! Porque, o que…