mulhernocinema.com
Cineastas homens dominam premiação do Festival de Cannes
Não foi desta vez que o Festival de Cannes premiou um filme dirigido por mulher com a Palma de Ouro (algo que só aconteceu uma vez - e há 23 anos). Considerado forte candidato pelos críticos, Toni Erdmann, de Maren Ade, foi ignorado pelo júri, que entregou o trofeu a I, Daniel Blake, de Ken Loach.