meucarorelicario.wordpress.com
Para sempre
-Você me ama? – ele me perguntava em desespero. Como se aquela pergunta o castigasse por dentro feito pedras pontudas perfurando seu estômago. E seus olhos me procuravam com uma angustia velada. -H…