literaturademetro.blog
Deveras noturno
Não vejo aura,Mas se tenhoDeve ser cor roxa violentaEu perdi a minha almao meu desempenhoPena,A morte chega lenta. -R.C.