literaturademetro.blog
Exageros
Venta muito na sacada E a fechei com vidros Quando ficas em mim vidrada Sinto que os olhos dão tiros Por isso ando de cabeça baixa Para não ter que fechar de verdade Meu rosto da realidade As plant…