literaturademetro.blog
O que os olhos não vêem as paredes contam
A saudade que eu sinto é meio assim… Dor que dói despercebida Por baixo da aparência destemida E se me perguntarem não digo que sim Porque homem de verdade não chora E meu herói poucas vezes o fez …