linguaeculturajuliopedrosa.wordpress.com
Salvem o Jorge, salvem-nos dele; ou a difícil arte do vocativo
Diz um reclame antigo e conhecidíssimo em São Paulo: O mundo gira, a Lusitana roda. Acrescento eu: E os tempos mudam muito! Quem se acostumou, desde que era criança pequena lá em Barbacena (ou em q…