lerpensar.wordpress.com
Deixem as crianças vir
Deixem as crianças vir equilibradas num pé periclitantes nas cordas da dança