jornaldapukka.wordpress.com
A moça tecelã – Conto de Marina Colassanti
“Acordava ainda no escuro, como se ouvisse o sol chegando atrás das beiradas da noite. E logo sentava-se ao tear. Linha clara, para começar o dia. Delicado traço cor da luz, que ela ia passa…