joaoricardolopes.com
O ÚLTIMO DIA É SEMPRE UM PRIMEIRO DIA
A avenida cheia de gente, gente cheia de pressa, faz-me esquecer tudo. Levo encontrões, pisam-me os pés, olham-me como a um animal ferido (com o seu rasto de morte, largo como um cometa). Mas não m…