jagostinho.com.br
VOTAÇÃO DA MP DOS PORTOS AVANÇA PELA MADRUGADA | Jota Agostinho
VEJA.COM Gabriel Castro, de Brasília Deputados aprovam MP dos Portos em votação simbólica (José Cruz/ABr ) Após mais de 18 horas de sessão e quase oito horas horas depois de aprovar o texto-base da Medida Provisória (MP) dos Portos, a Câmara dos Deputados não concluiu a apreciação das emendas apresentadas ao texto por falta de quórum. Eram mais de 30 propostas – o que, em conjunto com uma tática de obstrução de partidos oposicionistas e de parte da base aliada, impediu a conclusão dos trabalhos. Às 2h36, a sessão foi renovada em mais uma hora pelo presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) e, perto das 4 horas, mais uma sessão extraordinária foi aberta. "Enquanto houver quórum nesta casa, nós votaremos", disse ele. Com o plenário esvaziado após a maratona, porém, a conclusão da votação foi adiada para as 11 horas desta quinta, em sessão extraordinária. A ideia original dos defensores da medida provisória era aprovar a proposta na Câmara ainda nesta terça, para que o