inversismo.wordpress.com
O teatro do absurdo de uma mente negra devoradora de memórias
conto de Noir Ato I: Triste fim do parasita de memórias (Abrem-se as cortinas. A platéia assiste curiosa nosso protagonista de corpo esquálido e olheiras vistosas. Sentado em sua cama, dá início o …