gustavolacombe.com.br
Cafuné
Vem. Tranca a porta. Deita aqui. Faz carinho devagar na minha perna. Sobe mais um pouco. Lento. E para na minha cintura. Me encara. Aterrissa seus olhos castanhos em mim. Dá um beijo na barriga, br…