facadax.com
No banheiro do necrotério II
por Fernando “Rá” Vasconcelos* Tinha que ser num lugar marcante, mesmo que funesto, o que valia era a claridade que refletia no papel metálico, e também nos branquileijos que davam um a…