evandro.wordpress.com
Ah, o Bukowski!
Claro, como pude me esquecer do Charles Bukowski, no post anterior? Pode parecer pouco edificante ter como influência alguém como ele, mas conheci poucos autores mais sinceros, até hoje, que aquele…