divagacoesgcc.wordpress.com
Dono do tempo
De manhã escrevo, De tarde estremeço, De noite enlouqueço; Quando acordo esqueço. As horas passam! Por ora tímidas, Por ora atrevidas, Quase sempre insanas. Quando recobro a lucidez, Quero adormece…