diariosdem.wordpress.com
Gira
Passado o momento, ainda seguro com todas as forças sem largar. Os dentes travados, os olhos vidrados e o mundo rodando dentro de mim. Não há portas, nem há janelas. Terei de nascer sozinho.