diariosdem.wordpress.com
Salgado
Antes, quando as luzes ainda estavam apagadas, fui eu que levei E. pela mão. Depois, quando as luzes não iluminavam mais ninguém, foi E. que me levou pela mão.