cronicasdeunainquilina.com
A pintura como deleite e a escrita como catarse: a salvação humana que vem das artes | Crónicas de una inquilina
Tradução do Beatriz Cannabrava, Revista Diálogos do Sul Quando escrevo é como se abrisse uma torneira de pressão e saísse água aos borbotões, mas com a pintura é outra coisa, pintar me provoca satisfação Minha cama não tem cabeceira, reparei nisso há dois dias quando quis ler à noite e senti d