cronicasdeunainquilina.com
Em dias de chuva, como hoje, a Guatemala me brota pelos poros e inunda meu quarto | Crónicas de una inquilina
Tradução do Beatriz Cannabrava, Revista Diálogos do Sul Meus pés caminham outras terras, mas meu espírito em dias de chuva, volta a chapinhar nos lodaçais dos caminhos que abrigaram minha infancia. Sim, sim, sim, regularmente fumigo meu quarto, como nesta manhã de chuva. O aroma da folha de ta