contosdealcovatenra.wordpress.com
Aos teus pés…
Tinham trocado olhares. E só. Bem pouco tempo depois, trocaram novos olhares. Desta vez, se mediram. Um tanto, um pouco, um lance. Noutro tempo mais tarde, já se olharam nos olhos. Espinha, barriga…