cartacampinas.com.br
Poemas de Paris: Bric-à-brac
Foi em algum dia da primeira semana de janeiro daquele ano em que eu estava longe de casa. Vi, de longe, as barracas enfileiradas naquele grande pátio que se estendia livre em frente ao belo prédio…