camposdeboaz.com.br
Que contraste, mistura e paradoxo eu sou!
(Uma carta de Charles Spurgeon, escrita aos 17 anos) Meu querido pai, Eu estou muito confortável aqui e, posso dizer, feliz. Não fosse por
Francisco Nunes