camposdeboaz.com.br
Gotas de orvalho (181)
Aquele fluir santo, Tua santa Palavra, Que todo nosso medo enfurecido controla; Doce paz que Tuas promessas concedem E dão nova força às almas enf
Francisco Nunes