blogdopaulinho.com.br
O último português
Por ROBERTO VIEIRA Os mares já não são lusos, Djalma, Brandãozinho e Botelho. O amador já não se transforma na coisa amada no espelho. Camões é fábula distante. A Pessoa do Pessoa estátua errante. …