baudopymentas.com
Conrado Hübner cria o FEBEJAPÁ das barbaridades judiciais brasileiras
Foi por mergulhar com tanta vontade neste “perigoso terreno da galhofa”, como diria Stanislaw, que o Judiciário brasileiro passou a merecer um festival próprio. Conrado Hübner Mendes