angola24horas.com
Privatizações vão ter em conta Lei contra branqueamento de capitais
O Programa de Privatizações (PROPRIV) em Angola vai obedecer, em todo o seu processo, a uma observância da Lei de Combate ao Branqueamento de Capitais e Financiamento do Terrorismo, advertiu nesta terça-feira, o ministro das Finanças, Archer Mangueira.
Angola 24 Horas